Chevrolet Spin Activ7 1.8 AT
Desempenho 2
Consumo 3
Segurança 2
Conectividade 2
Conforto 3
Pacote de série 3
Mercado 2

Esta é a versão mais equipada do Chevrolet Spin aventureiro, com opção de sete lugares. Em sua faixa de preço, o modelo disputa o segmento apenas com o Fiat Doblò, que tem perfil diferente e vende bem menos. O que é novo A linha 2019 do Chevrolet Spin foi lançada no ano passado com a ..

Summary 2.4 bom
Desempenho 2.2
Consumo 2.2
Segurança 2.4
Conectividade 2.6
Conforto 3
Pacote de série 3
Mercado 3.2
Faça sua própria avaliação deste carro. Clique nas estrelas acima e dê sua nota: 1= ruim; 2= básico; 3= médio; 4= bom; 5= ótimo. Depois clique em “Aceitar”. Você só pode votar uma vez .
Aceitar
Summary 2.7 bom

Esta é a versão mais equipada do Chevrolet Spin aventureiro, com opção de sete lugares. Em sua faixa de preço, o modelo disputa o segmento apenas com o Fiat Doblò, que tem perfil diferente e vende bem menos.

O que é novo

  • A linha 2019 do Chevrolet Spin foi lançada no ano passado com a mesma plataforma e conjunto mecânico, porém recebeu mudanças importantes no visual e na lista de equipamentos.
  • Na parte externa, além da remoção do estepe da tampa do porta-malas (agora fica debaixo do assoalho), as novidades incluem nova grade frontal, faróis com luzes diurnas de LED, lanternas com desenho horizontal, para-choques remodelados e novas rodas aro 16. Esta versão Activ, que tem perfil aventureiro, ganhou estribos laterais, moldura nos para-lamas e rack de teto.
  • No interior, as principais mudanças são o novo quadro de instrumentos (herdado do Tracker), o visual da parte central do painel, o porta-luvas (agora abre para cima) e a nova padronagem de acabamento. Agora a segunda fileira de bancos é corrediça, permitindo ajustar o espaço para as pernas dos ocupantes.
  • A versão Activ traz sensor de chuva e crepuscular, câmera de ré, isofix e apoio de cabeça e cinto de três pontos para todos os passageiros.

O que nós gostamos

  • Os ajustes da suspensão e da direção elétrica são competentes, permitindo conforto e estabilidade em curvas.
  • Além de espaçoso, o Spin é bastante versátil. Os bancos da segunda fileira são facilmente rebatíveis, têm sistema deslizante e seis ajustes de declividade do encosto. Os passageiros da última fileira contam com ajuste de inclinação do encosto em três posições. Para sair do carro, podem rebater o banco direito da segunda fileira com relativa facilidade através de uma alça.
  • Na lista de equipamentos de série, esta versão ainda traz piloto automático com controles no volante, iluminação no porta-luvas, bancos de couro, sensor de estacionamento traseiro, regulagem de intensidade da iluminação do painel de instrumentos e sistema multimídia MyLink de 7’’ compatível com Android Auto e Apple CarPlay.

O que pode melhorar

  • O acabamento do interior, apesar de mesclar texturas e ter apliques cromados em algumas partes, ainda utiliza muito plástico e transmite sensação de simplicidade.
  • O motor 1.8 flex tem baixa potência para o tamanho do carro. São somente 111 cv para empurrar os 1.275 kg desta versão, o que prejudica o desempenho e o consumo de combustível.
  • O carro não vem equipado com borboletas no volante. As trocas de marcha sequenciais só podem ser realizadas por meio de um botão na lateral da alavanca de câmbio, que não é nada prático.
  • Controles eletrônicos de tração e estabilidade, ajuste de profundidade do volante e sistema auxiliar de partida em aclives são itens que fazem falta em um carro familiar.
  • Não é possível acessar a terceira fileira pelo lado esquerdo do veículo.

Os números

Ano: 2019
Preço: 88.190*
Motor: 1.8 flex
Potência máxima: 111 cv (e)
Torque máximo: 173 Nm (e)
Câmbio: 6 marchas AT
Comprimento: 4,624 m
Largura: 1,764 m
Altura: 1,686 m
Entre-eixos: 2,620 m
Peso: 1.275 kg
Pneus: 205/60 R16
Porta-malas: 162 litros (7 lugares) e 553 litros (5 lugares)
Tanque: 53 litros
0-100 km/h: 11s3
Vel. máxima: 168 km/h
Consumo cidade: 10,3 km/l (g)
Consumo estrada: 12,0 km/l (g)
Emissão de CO2: 122 g/km

*Veja o preço atualizado no site do fabricante.

Veja outros carros dessa Categoria

Chevrolet Cruze Black Bow Tie 1.4 Turbo

Chevrolet Cruze Black Bow Tie 1.4 Turbo


Chevrolet Cruze Black Bow Tie 1.4 Turbo

Série especial do Chevrolet Cruze que remete à sofisticação e elegância, daí o nome Black Bow Tie, que remete a gravata borboleta na cor preta. O que é novo A série especial Black Bow Tie é a única novidade do Chevrolet Cruze na linha 2019. Ele tem emblemas, logotipos e rodas na cor...

Chevrolet Cruze LT 1.4 Turbo

Chevrolet Cruze LT 1.4 Turbo


Chevrolet Cruze LT 1.4 Turbo

O Chevrolet Cruze LT é a versão de entrada da linha. Em relação ao Cruze LTZ, ele perde airbags de cortina, sensor de chuva, retrovisores com aquecimento e My Link 2 com navegador por GPS integrado, além dos cromados externos. As rodas são na cor prata. O que é novo Não houve mudanças...

Chevrolet Cruze LTZ 1.4 Turbo

Chevrolet Cruze LTZ 1.4 Turbo


Chevrolet Cruze LTZ 1.4 Turbo

O novo Chevrolet Cruze estreou na linha 2017 e trouxe muitos avanços em relação à geração anterior. O sedã da GM utiliza motor 1.4 turbo de 153 cavalos. A versão LTZ é a topo de linha. O que é novo Em comparação com o Chevrolet Cruze anterior a 2017, tudo é completamente novo, inclusive a...

2 Comentários

  1. Nateli 21 dias atrás
    Responder

    Um carrão para quem tem família grande, o problema é que se a família tem 7 pessoas, por exemplo: pai, mãe, filhos e sogro e sogra, caso vão viajar, precisarão de um bagageiro externo, tipo àqueles que são instalados em cima do carro…

    • ERICLIS MAGON 2 dias atrás
      Responder

      Nateli, por questões de projeto os carros com opção de 7 lugares têm espaço do porta-malas sacrificado. O SUV Hyundai Santa Fé, por exemplo, com os 7 lugares, só comporta 150 litros. O Peugeot 5008 oferece um pouco mais: 237 litros. Para sobrar mais espaço no porta-malas,esses carros teriam que ficar com o comprimento muito grande ou com “cara” de Van, o que não é muito legal. Quando o carro tiver com os 7 bancos ocupados, o jeito é utilizar essas soluções que você citou mesmo.

Deixe um comentário