Hyundai Tucson Limited 1.6 AT
Desempenho 3
Consumo 3
Segurança 5
Conectividade 2
Conforto 4
Pacote de série 3
Mercado 1

Versão topo de linha do New Tucson, que foi lançado em 2016 e estreou o motor 1.6 turbo de 177 cv da Hyundai no Brasil. O que é novo Na linha 2019, o Hyundai New Tucson não apresenta nenhuma novidade em relação à linha 2018. Como diferencial para a versão de entrada, a Limited traz ..

Summary 3.0 muito bom
Desempenho 4
Consumo 3
Segurança 5
Conectividade 2
Conforto 5
Pacote de série 5
Mercado 4
Faça sua própria avaliação deste carro. Clique nas estrelas acima e dê sua nota: 1= ruim; 2= básico; 3= médio; 4= bom; 5= ótimo. Depois clique em “Aceitar”. Você só pode votar uma vez .
Aceitar
Summary 4.0 ótimo

Versão topo de linha do New Tucson, que foi lançado em 2016 e estreou o motor 1.6 turbo de 177 cv da Hyundai no Brasil.

O que é novo

  • Na linha 2019, o Hyundai New Tucson não apresenta nenhuma novidade em relação à linha 2018.
  • Como diferencial para a versão de entrada, a Limited traz abertura do porta-malas por sensor de presença, banco do passageiro elétrico, LED diurno com farol direcional, maçanetas e grade frontal cromadas, rodas aro 18’’, espelho retrovisor interno eletrocrômico, painel de instrumentos Super Vision com tela de 4.2’’, detector de ponto cego, luz de cortesia nos retrovisores e maçanetas, lanternas em LED e moldura dos vidros cromadas.

O que nós gostamos

  • O motor 1.6 turbo que equipa o New Tucson conta com injeção direta e duplo comando variável de válvulas na admissão e no escape.
  • Considerando a categoria de SUVs médios, o modelo tem bons números de consumo. De acordo com o Inmetro, esta versão com rodas aro 18’’ faz média de 10,5 km/l na cidade e 12,2 km/l na estrada, sempre abastecida com gasolina (o motor não é flex).
  • O câmbio automatizado de dupla embreagem e sete velocidades tem boa relação com o motor 1.6 turbo de quatro cilindros. A transmissão permite trocas rápidas e suaves.
  • A direção elétrica é bastante confortável, oferecendo leveza nas manobras e segurança ao rodar.
  • O espaço interno para os passageiros e a capacidade do porta-malas são destaques do New Tucson.
  • O teto solar panorâmico, as rodas aro 18’’, o sistema detector de ponto cego e a abertura do porta-malas por aproximação permitem maior requinte para esta versão.
  • A suspensão tem ajuste firme, proporcionando conforto aos passageiros e estabilidade em curvas.
  • De série, o New Tucson ainda traz airbags laterais e de cortina, controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa, ajustes elétricos do banco do motorista, central multimídia de 7’’ com Android Auto e Apple CarPlay, ar-condicionado digital de duas zonas e chave presencial.

O que pode melhorar

  • O acabamento interno do New Tucson deixa a desejar em comparação aos principais concorrentes (Peugeot 3008, Chevrolet Equinox e Jeep Compass). Os materiais utilizados no painel e nas laterais das portas são simples.
  • Pelo menos nesta versão mais cara, o carro deveria oferecer um quadro de instrumentos mais primoroso. Apesar de ser maior em relação à versão de entrada, a tela de 4.2’’ ainda não acompanha a modernidade atual.
  • Embora tenha apoios de cabeça e saídas de ar-condicionado para os ocupantes da segunda fileira, a Hyundai peca por não oferecer cinto de três pontos no assento central traseiro.
  • A ausência de sistema de um toque para os vidros elétricos dos passageiros é um pênalti.
  • O acionamento do freio de estacionamento ainda é feito com o pé, através de alavanca ao lado do pedal de freio (característica de picapes e SUVs mais antigos).

Os números

Ano: 2020
Preço: 158.900*
Motor: 1.6 Gasolina
Potência máxima: 177 cv (g)
Torque máximo: 265 Nm (g)
Câmbio: 7 marchas AT
Comprimento: 4,475 m
Largura: 1,850m
Altura: 1,660 m
Entre-eixos: 2,670 m
Peso: 1.624 kg
Pneus: 225/55 R18
Porta-malas: 513 litros
Tanque: 62 litros
0-100 km/h: 9s1
Vel. máxima: 201 km/h
Consumo cidade: 10,5 km/l (g)
Consumo estrada: 12,2 km/l (g)
Emissão de CO2: 120 g/km

*Veja o preço atualizado no site do fabricante.

Veja outros carros dessa Categoria

Toyota RAV4 Hybrid mostra por que é o SUV mais vendido do mundo

Toyota RAV4 Hybrid mostra por que é o SUV mais vendido do mundo


Toyota RAV4 Hybrid mostra por que é o SUV mais vendido do mundo

O Toyota RAV4 chegou à quinta geração. O SUV mais vendido do mundo está completamente modificado. Para começo de conversa, no mercado brasileiro ele agora só está disponível em duas versões híbridas: S Hybrid de R$ 167.990 e SX Hybrid de R$ 185.990. Ele vem com um motor a gasolina de 2,5 litros...

Volkswagen Jetta GLI: um sedã com duplo caráter

Volkswagen Jetta GLI: um sedã com duplo caráter


Volkswagen Jetta GLI: um sedã com duplo caráter

O Jetta GLI, único com motor 2.0 turbo, chegou em 2019 para completar a linha do renovado sedã da Volkswagen. O nome 350 TSI refere-se ao valor do torque (350 Nm) e ao fato de ser um turbo com injeção direta de combustível (somente gasolina, ao contrário dos 250 TSI do restante da linha, que são...

Honda Civic Sport 2.0 MT

Honda Civic Sport 2.0 MT


Honda Civic Sport 2.0 MT

VEREDICTO: O Honda Civic Sport 2.0 com câmbio manual de seis marchas é o mais acessível da linha. Custa R$ 7.600 a menos do que a versão com câmbio CVT. É um carro familiar bom de dirigir, mais rápido que o automático e adequado para a estrada. O que é novo O Honda Civic da décima geração...

Deixe um comentário