Lifan X80, um SUV chinês de respeito

Eu cansei de ler e ouvir a pergunta: “Você compraria um carro chinês?” Ou então a afirmação: “Carro chinês, você ainda vai ter um!”

Frases carregadas de preconceito como essas não traduzem mais a relação entre os produtos chineses, sejam automóveis, motocicletas ou quaisquer outros itens. O mercado interno da China é enorme, reflexo de um país superpopuloso – apesar de ainda haver uma grande parcela de pessoas que não consomem bens de alto valor –, o que os capacita a poder produzir bens de todas as qualidades, inclusive os de ótima qualidade.

Comecei a ouvir sobre veículos chineses quando suas motocicletas começaram a chegar ao Brasil, há mais de duas décadas. Sim, eram produtos de baixo valor, importados indiscriminadamente por executivos de pastinhas que não cuidaram de suas marcas e da imagem daquela indústria ainda incipiente. Mas não é mais assim.

Os chineses copiaram e agora fazem bons carros

Os automóveis chineses começaram a vir depois, mas em negócios de maior maturidade e maior respeito. Hoje até temos marcas chinesas sendo produzidas por aqui. Enquanto isso, os industriais chineses copiaram bem, fizeram sua lição de casa e evoluíram, criando empresas que hoje são grandes potências.

A Lifan é uma dessas empresas. Fundada em 1992, o grupo empresarial privado fabrica automóveis, motocicletas, motores e máquinas e que investe em novas fontes de energia alternativa. Também atua na área financeira e setor imobiliário. A marca está presente com seus produtos em 117 países em diferentes regiões do mundo. Na China, a Lifan está sediada na cidade de Chongqing e sua capacidade de produção de automóveis é de 200 mil veículos por ano, sendo que seu primeiro automóvel foi fabricado em 2006.

No Brasil, a Lifan está presente oficialmente desde 2012 e os veículos vendidos no Brasil eram produzidos na unidade da marca no Uruguai, montados em regime CKD. Só que agora passaram a ser importados diretamente da China. A sede da empresa está em Salto, SP, onde também está o centro de distribuição de peças. Em Itajaí, SC, a empresa mantém seu centro de distribuição de veículos para sua rede de 45 concessionárias espalhadas pelo Brasil.

Os veículos Lifan no Brasil eram o SUV X60, lançado em 2013, o utilitário Foison e o sedã 530, ambos lançados em 2014 porém descontinuados, com a mudança no local de produção, estando disponíveis apenas as unidades restantes na rede. O único modelo, então, é o X80, um SUV de grandes dimensões e de sete lugares que mostra que a marca também produz veículos de maior valor. Há planos de trazerem o X70 ainda este ano.

X80 foi o primeiro chinês acima de R$ 100 mil

O Lifan X80 foi o primeiro chinês a romper a barreira dos R$ 100.000, custando hoje exatos R$ 132.777, sendo que a centena 777 pode ser entendida como uma bem humorada referência ao logotipo da marca de ponta-cabeça (LLL).

Caro? Depende. Seus concorrentes diretos custam bem mais, como o Toyota Hilux  SW4, Mitsubishi Outlander, Hyundai Santa Fe, Chevrolet Trailblazer, Kia  Sorento, Volkswagen Tiguan ou Peugeot 5008, nem todos têm mais equipamentos do que o X80 e poucos têm tanto espaço interno quanto o X80. O que fazer, então, se você pretende comprar um suv de sete lugares? O melhor a fazer é experimentar o carro e tirar suas próprias conclusões. Eu fiz isso.

Uma viagem de X80 até Campos de Jordão

Em um test-drive de São Paulo até Campos do Jordão, ida e volta, na ocasião de seu lançamento, pude conhecer melhor o Lifan X80 e sentí-lo na estrada por cerca de 350 km. Mas a primeira boa impressão foi ao ver o carro de longe, antes de me aproximar dele: muito bonito. Mais bonito até do que muitos suvs de marcas “consagradas”. Esse é um ponto extremamente positivo no mercado atual de automóveis, já que a aparência pode determinar a sua escolha, mesmo que outros atributos não sejam tão favoráveis.

Já na estrada, mais um ponto a favor do X80, desta vez do ponto de vista dinâmico: a estabilidade direcional e em curvas, com ausência total de quaisquer movimentos laterais que muitas vezes estragam o prazer de viajar em um grande suv. A suspensão traseira independente multi-link é, em parte, responsável por essa virtude, mas o conjunto de molas e amortecedores de configuração mais firme do que o usual para esse tipo de veículo foi o que mais me agradou. Há quem prefira suspensões mais molengas, que aparentemente conferem mais conforto aos ocupantes. Aparentemente.

O motor do Lifan X80 é um quatro cilindros de exatos 1984 cm3 e injeção direta de gasolina, com 16 válvulas, duplo comando no cabeçote DOHC, turbo e intercooler. Sua potência é de 184 cv, compatível com o tamanho do motor e com a proposta do carro, porém ele poderia ter um pouco mais de torque em baixas rotações do que os 280 Nm Para boas retomadas de velocidade, é preciso pisar fundo no acelerador eletrônico.

O X80 é mais uma prova de que carro chinês já é um bom negócio, não apenas nesta caso da Lifan, mas também em alguns casos da JAC Motors e da Caoa Chery. Em breve publicaremos a avaliação completa do Lifan X80 no Guia do Carro.

Veja outros carros dessa Categoria

Audi Q8 chega com sete modos de condução a partir de R$ 471.990

Audi Q8 chega com sete modos de condução a partir de R$ 471.990


Audi Q8 chega com sete modos de condução a partir de R$ 471.990

O lançamento oficial do Audi Q8 no Brasil foi realizado ontem em Campinas (SP). O SUV de luxo já tinha sido apresentado no Salão de São Paulo de 2018. O modelo oferece duas versões: a Performance e a Performance Black. As duas vêm com motor 3.0 TFSI a gasolina, que desenvolve 340 cv de potência...

Bridgestone lança novo pneu com banda de rodagem Bandag B163

Bridgestone lança novo pneu com banda de rodagem Bandag B163


Bridgestone lança novo pneu com banda de rodagem Bandag B163

A Bridgestone apresenta ao mercado brasileiro o pneu R163S, desenvolvido pela Bandag, entidade voltada à pesquisa e à manufatura de bandas de rodagem. Direcionado ao segmento urbano, o novo pneu traz tecnologia Cooling Fin, responsável pela diminuição da temperatura na região do talão através de...

Conheça os 15 hatches menos depreciados do Brasil em 2019

Conheça os 15 hatches menos depreciados do Brasil em 2019


Conheça os 15 hatches menos depreciados do Brasil em 2019

Apesar do grande crescimento da preferência por SUVs, a categoria de veículos hatches ainda é a campeã de vendas e a mais popular do Brasil, referente ao preço mais acessível e à versatilidade que proporciona. No momento da compra de um carro deste segmento, assim como de todos os outros...

1 Comentário

  1. Joevan Jorge Vasconcelos de oliveira 04/05/2019
    Responder

    Gabriel, quero saber qual e o melhor carro em termos de custo benefício? O que acha do Nissan Versa 1.0? Sou de Manaus. Obrigado.

Deixe um comentário